O MEDO E A LIBERDADE

Quantos medos nós passamos somente pelo fato de sermos nós mesmas? Quantas saídas dos esconderijos precisamos para chegarmos ao momento exato que estamos hoje? Ou qualquer outro momento daquele sussurro na mente: "liberdade".


Me lembro do medo de me tornar prof de Pole Dance. Lembro pois este medo ronda ainda, às vezes. Quantas coisas tenho que superar dentro de mim mesma. Quantos julgamentos preciso lançar pra longe, enfrentar, dizer "isso não sou eu". Com a escola eu vi e vejo muitas meninas chegando, se aproximando, algumas como se saíssem da escuridão e pisassem agora em um facho de luz. É claro que pessoas vem para o Pole Dance por motivos variados. Os mais variados possíveis! Mas com o tempo você percebe que até chegar aqui, até colocar um top, se posicionar ao lado de uma barra e se ver no espelho, algum medo foi vencido e se tornou liberdade. 

É isto que tenho vivido, isto que quero passar para minhas alunas, o fim de tudo isto é "LIBERDADE".

Texto: Talia Streciwilk - "Maria do Pole"